content top

Renan e Sarney temem gravações



A notícia de que o ex-presidente da Transpetro Sérgio Machado negocia com o Ministério Público Federal um acordo de delação premiada fez nascer em Renan Calheiros e José Sarney, os dois principais caciques do PMDB, um novo tipo de medo. Ambos passaram a sofrer de “mimfobia”. Têm medo de si mesmos.

A exemplo do que sucedeu com Romero Jucá, o correligionário Machado gravou com um aparelho de celular conversas que manteve com Renan e Sarney. Os dois entregam-se a um exercício de memória para recordar o que disseram. O medo das próprias palavras os segue como uma sombra. Às vezes se confunde com ela.

Josias de Souza


MP aciona prefeita de Ouro Branco por nova contratação irregular



O Ministério Público do Rio do Grande (MPRN) ingressou com nova Ação Civil Pública (ACP) contra a prefeita de Ouro Branco, Maria de Fátima Araújo, que mesmo condenada pela Justiça, voltou a fazer contratos irregulares. O MPRN, por meio da Promotoria de Justiça da Comarca de Jardim do Seridó, pede na ACP de responsabilização pelo cometimento de atos de improbidade administrativa, que a Justiça condene a ré às penalidades legalmente cabíveis além da obrigação de pagar as custas judiciais e sucumbenciais.

A ACP foi impetrada na Vara de Direito da Comarca de Jardim do Seridó. As penalidades estão previstas no art. 11, caput e incisos II (retardar ou deixar de praticar, indevidamente, ato de ofício) e V (frustrar a licitude de concurso público), da Lei 8.429/92: ressarcimento integral do dano, se houver; perda da função pública; suspensão dos direitos políticos de três a cinco anos; pagamento de multa civil de até cem vezes o valor da remuneração percebida pelo agente e proibição de contratar com o Poder Público ou receber benefícios ou incentivos fiscais ou creditícios, direta ou indiretamente, ainda que por intermédio de pessoa jurídica da qual seja sócio majoritário, pelo prazo de três anos.


Rubão Germano quer que 1° BEC construa em regime de urgência adutora de engate rápido



O vereador Rubão Germano (PMDB) deu entrada na indicação na Câmara Municipal de Caicó, solicitando ao deputado estadual Nelter Queiroz, para que o mesmo possa manter entendimentos junto à direção da CAERN. O objetivo seria discutir a obra da nova adutora de engate rápido Serra de Sant’Ana/Caicó, para que o projeto seja executado pelo 1° Batalhão de Engenharia e Construção (1º BEC) em regime de urgência. “O 1º BEC é sediado em Caicó e tem totais condições de execução da obra. Seguindo o exemplo da construção da adutora Manoel Torres, que liga Jardim de Piranhas à Caicó beneficiando também as cidades de São Fernando e Timbaúba dos Batistas”, justificou o vereador.


Ministro mantém provas que tornaram Cunha réu da Lava Jato



O ministro do STF, Teori Zavascki, rejeitou ontem recurso da Câmara para invalidar as provas recolhidas durante uma operação de busca e apreensão em maio do ano passado que teve como alvo o então presidente da Casa, Eduardo Cunha (PMDB-RJ). As provas colhidas embasam o inquérito que transformou Cunha em réu na Operação Lava Jato em março deste ano.


Garilbaldi acredita que reforma da Previdência será realizada desta vez



O senador Garibaldi Alves Filho (PMDB-RN) elogiou a atitude do presidente interino, Michel Temer, de dar absoluta prioridade ao tema da reforma da Previdência já na primeira semana de governo. Com isso, em sua avaliação, é possível acreditar que a reforma necessária aconteça desta vez. Garibaldi, que já foi ministro da Previdência, também saudou a decisão de Temer de convidar as centrais sindicais para discutir o assunto. Garibaldi afirmou ainda que a Previdência é deficitária e que esse problema precisa ser resolvido para que não se torne insustentável.


Vivaldo se diz surpreso com as declarações de Ivanildo e acha que ele foi induzido



Ainda na entrevista concedida na Rádio Caicó, Vivaldo Costa (PROS) comentou as recentes declarações do vereador Ivanildo do Hospital, dizendo que ‘Vivaldo não quer Bibi Costa, na campanha, nem pintando a ouro’. O parlamentar se disse surpreso e que considera que o vereador Ivanildo foi induzido, não estando em sã consciência.

“Jamais Ivanildo iria conscientemente fazer colocações que dificulte um projeto político de dois jovens sem manchas”. “A minha primeira reação é de surpresa. Até hoje fico imaginando quem foi que colocou estas palavras na boca de Ivanildo. Ele sempre demonstrou ser meu amigo, respeitoso e sempre gozou da minha simpatia e amizade. Fico imaginando quem foi que induziu Ivanildo a dizer que eu não quero o apoio de Bibi ‘nem pintado de ouro’. Por isso que fico imaginando que quem pode esclarecer essas declarações é ele próprio. Chegará a hora que a população vai querer saber”, comentou Vivaldo.


Jucá vai se licenciar do cargo de ministro do Planejamento



O ministro do Planejamento, Romero Jucá (PMDB), disse agora que vai se licenciar do cargo a partir de amanhã (24) até o Ministério Público Federal se manifestar sobre as denúncias contra ele. “Vamos aguardar a manifestação do Ministério Público com toda a tranquilidade, porque estou consciente que não cometi nenhuma irregularidade e muito menos qualquer ato contra a apuração da Lava Jato, apoiei a Lava Jato”, disse em entrevista no Congresso Nacional, após o presidente interino Michel Temer entregar a proposta de meta fiscal revisada. “Enquanto o MP não se manifestar, aguardo fora do ministério. Depois disso, caberá ao presidente Temer me reconvidar ou não, ele vai discutir o que vai fazer”, afirmou.

O jornal Folha de S.Paulo publicou reportagem hoje (23) que diz que em conversas, gravadas em março, o atual ministro do Planejamento, Romero Jucá, sugeriu ao ex-presidente da Transpetro Sérgio Machado um pacto para impedir o avanço da Operação Lava Jato sobre o PMDB, partido do ministro. Jucá disse que vai protocolar hoje um pedido na Procuradoria-Geral da República (PGR) para que o órgão avalie se há alguma ilegalidade na gravação que comprometa a permanência dele no ministério. No período da licença, Jucá reassumirá o mandato de senador e permanecerá na presidência do PMDB. O Ministério do Planejamento ficará sob comando do secretário-executivo Dyogo de Oliveira.


“A Adutora de engate rápido é uma obra emergencial e precisa de agilidade”, diz Álvaro Dias



DEPUTADO-ÁLVARO-DIAS-3A declaração é do deputado estadual Álvaro Dias. Ele esteve no final de semana em Caicó e, durante entrevista, destacou a importância da adutora de engate rápido para evitar o colapso no abastecimento d’água em Caicó. A sugestão dele é que o Governo construa a adutora de engate rápido para o município, adotando o regime de urgência, com dispensa de licitação, objetivando agilizar a obra. Essa Obra pode ser feita pelo B.E.C. Ela será viabilizada a partir de um repasse de R$ 44 milhões do Ministério da Integração, como foi já anunciado e está previsto no Plano Emergencial de Segurança Hídrica.

“O Governo anunciou a liberação dos recursos para a adutora de engate rápido, a partir da Armando Ribeiro Gonçalves até Caicó. Esperamos que o Governo agora adote as providências necessárias para que ela seja construída de forma rápida e eficiente para suprir o déficit hídrico da cidade, que é a maior da região. A obra de engate rápido é emergencial e precisa de agilidade”, solicita o deputado.

Álvaro Dias lembrou a construção do sistema Piranhas-Caicó, feita com dispensa de licitação e através do trabalho do Exército. “Devido a essas providências de quebra de burocracia, o sistema foi construído em 60 dias. Nós temos, por exemplo, 1º Batalhão de Engenharia de Construção que pode ser contratado em regime de urgência para executar a obra”, exemplificou.

 


Bibi poderá trair Vivaldo da mesma forma que ele foi traído por Dadá



Em um passado não muito distante o ex-deputado estadual Dadá Costa, traiu seus dois irmãos, Vivaldo Costa e Bibi Costa, candidatos a prefeito e vice-prefeito respectivamente. Na época Dadá Costa, apoiou a candidatura de Roberto Germano e fez discursos fortes, contundente, contra seus irmãos.

Neste ano a história pode se repetir, só que com atores, quase diferentes.

Nos bastidores da política de Caicó, os rumores são de que Bibi Costa deve apoiar a candidatura de Batata, ou tentar indicar o vice na chapa de Roberto Germano. Caso uma das hipóteses venha a se confirmar, estaria Bibi Costa usando os mesmo artifícios e veneno que Dadá Costa usou contra ele, o detalhe é que Bibi não estaria traindo ou se vingando de Dadá Costa, mas, sim do seu irmão Vivaldo no qual sofreu junto com ele a traição familiar.


PM fecha ponto de drogas e apreende arma de fogo em Mossoró



Policiais do 2º Batalhão de Polícia Militar (2ºBPM) prenderam na manhã desta segunda-feira (23) um homem identificado como Pablo Rutnei Rodrigues, 27 anos, suspeito de tráfico de drogas, no Bairro Abolição IV, em Mossoró.

A PM recebeu uma denúncia que o homem utilizava sua residência como ponto de venda de drogas. Os militares foram ao local e encontraram um revólver calibre 32 com cinco munições, sete trouxinhas de maconha embaladas prontas para venda, um tablet maior da mesma droga e dinheiro fracionado. Três pessoas que estavam na residência foram conduzidas à Delegacia de Polícia Civil para melhor esclarecimento e demais providências.


Família de Muricy não quer que ele retorne ao futebol



No que depender de sua família, o técnico Muricy Ramalho, do Flamengo, vai se aposentar do futebol. A informação é do jornalista Jorge Nicola.

A esposa do treinador fez um apelo para que ele não volte para o esporte, depois de ser internado na última semana com um quadro de arritmia cardíaca.

Nesta segunda-feira, Muricy Ramalho fará novos exames e, depois, durante a semana, decidirá se vai continuar ou não no futebol. Enquanto o treinador se recupera, o auxiliar-técnico Jayme de Almeida comanda a equipe do Flamengo. No último domingo, o Rubro-Negro foi derrotado pelo Grêmio por 1 a 0.


Comissão do Impeachment retoma os trabalhos nesta terça-feira



A reunião da Comissão Especial do Impeachment está marcada para as 11 h desta terça-feira (24). O relator, senador Antonio Anastasia (PSDB-MG), apresentará o plano de trabalho, que será votado pelo colegiado. Nesta segunda fase, serão produzidas as provas e as alegações. A presidente afastada Dilma Rousseff tem até o dia 1º de junho para apresentar sua defesa.


Somente Nildson poderá reverter vantagem para o grupo de Vivaldo, diz vereador Ivanildo



Liderado do deputado estadual Vivaldo Costa, o vereador Ivanildo dos Santos diz que o Papa Jerimum está convicto do projeto para as eleições de 2016 em Caicó, quando lançou a chapa Judas Tadeu/Deibi Dantas. “Se Bibi Costa vier pintado de ouro, ele [Vivaldo] não quer mais”, disse Ivanildo referindo-se ao ex-prefeito de Caicó.

Ivanildo e seus colegas de bancada – Alisson Jackson e Maria Costa – não conseguem entender a resistência de Vivaldo ao nome de um dos seus maiores aliados na política local, o presidente da Câmara Municipal, Nildson Dantas.

Embora respeite o posicionamento do líder, Ivanildo está vendo outras pré-candidaturas em crescimento. “E somente Nildson poderia reverter isso, mas se providências urgentes não foram tomadas poderá ser tarde demais”, comentou Ivanildo.


Rodoviários fazem passeata e prometem greve em Natal



Na manhã desta segunda-feira (23) os rodoviários fizeram uma passeata saindo do viaduto do baldo em frente ao SINTRO RN em direção a prefeitura de Natal na cidade alta e ao SETURN na ribeira, a categoria cobra reajuste salarial de aproximadamente 15%.

O presidente do Sindicato afirmou que novas mobilizações poderão acontecer ainda essa semana e o indicativo de greve será levado para a categoria e se aprovado poderemos ter greve já na próxima segunda feira dia 30.


Ministro STJ confirma participação no XV JUS et Justitia em Caicó



O Ministro do Superior Tribunal de Justiça, José Augusto Delgado, que aposentou-se há alguns anos, confirmou nesta segunda, 23, a sua participação no XV Jus et Justitia, congresso organizado em Caicó pela turma concluinte de Direito da UFRN em parceria com a OAB, que será realizado de 24 a 26 de agosto.


Aliança do PMDB com o prefeito Francisco em Parelhas, continua firme.



A pré candidatura de Alexandre Dantas, em Parelhas, à prefeito daquele município, faz-se com a coligação PT-PMDB que vem há bastante tempo, conquistando várias vitórias naquele município.

O prefeito Francisco do PT, eleito duas vezes com o apoio de doutor Antônio Petronilo, agora retribui o gesto apoiando Alexandre Dantas do PMDB.

As duas legendas se entendem naquele município e deverão continuar aliados para tentar mais uma vez, manter a hegemonia política em Parelhas. O sistema adversário apresentará o médico Tiago Almeida como candidato.


Governo suspende novas vagas para Pronatec e Fies



Uma das vitrines da área social da gestão petista, programas de incentivo à educação e à profissionalização – como Pronatec, ProUni e Fies – não devem abrir novas vagas neste ano. São efeitos imediatos das medidas de contingenciamento previstas para o Ministério da Educação na gestão do presidente em exercício Michel Temer.


Suspensão de concurso por Jackson Dantas, prefeito de São José, pode terminar na justiça.



O concurso público, feito pela Prefeitura Municipal de São José do Seridó e suspenso pelo prefeito Jackson Dantas, está causando polêmica e grande insatisfação por parte dos concursados.

Alguns dos aprovados nesse concurso, se sentindo prejudicados com a decisão do prefeito, se movimentam no sentido de buscar a imprensa, para denunciar o que temem que seja uma manobra do prefeito para, não chamando os aprovados em concurso público, terminar beneficiando apadrinhados políticos em ano eleitoral.

Alguns desses aprovados defendem medidas mais sérias visando proteger seus direitos, aventando inclusive a possibilidade de acionar na justiça a prefeitura, para fazer valer seus direitos, que segundo eles, podem estar sendo desrespeitados.


Josias de Sousa: A demissão é incontornável



Por: Josias de Sousa

Michel Temer não se deu conta. Mas, ao acomodar Romero Jucá na Esplanada, nomeou um ministro com prazo de validade vencido. Trazida à luz pelo repórter Rubens Valente, a gravação que reproduz os diálogos vadios de Jucá com o correligionário Sérgio Machado, ex-presidente da Transpetro, faz do ministro do Planejamento uma demissão incontornável, esperando para acontecer.

— É um acordo, botar o Michel, num grande acordo nacional, disse Sérgio Machado a Jucá, antes da votação que afastou Dilma da Presidência.

— Com o Supremo, com tudo, respondeu Jucá, dando asas ao sonho peemedebista de passar uma régua nas apurações da Lava Jato.

— Com tudo, aí parava tudo, animou-se Machado, cujas traficâncias encontram-se sob o crivo do doutor Sérgio Moro.

— É. Delimitava onde está, pronto!, concordou Jucá, em cujos calcanhares de vidro o procurador-geral Rodrigo Janot agarrou.

Em política, nada do que te dizem em público é tão importante quanto o que você escuta sem querer. Há três dias, Romero Jucá dizia aos jornalistas: “Acho que o Ministério Público tem que investigar todo mundo, confio na Lava Jato. Ao sair de tudo isso, nós vamos ter um Brasil melhor.” Uma semana antes, Temer dissera que a Lava Jato “deve ter proteção contra qualquer tentativa de enfraquecê-la.”

A percepção de que o roubo de verbas públicas passou a dar cadeia no Brasil apavora a clientela da Lava Jato. A ideia de que um acordão pode sufocar a força-tarefa que esfrega a lei na cara da oligarquia parece inviável. Michel Temer tem duas alternativas: ou se livra de Jucá ou reforçará a tese segundo a qual em política nada se perde, nada se transforma, tudo se corrompe.


Líder do DEM na Câmara pede renúncia de Jucá



Brasília - Líder do Democratas, o deputado Pauderney Avelino, fala sobre a posse do ex-presidente Lula como ministro Chefe da Casa Civil da Presidência da República  (Antonio Cruz/Agência Brasil)

O líder do DEM na Câmara dos Deputados, Pauderney Avelino, pediu a renúncia do ministro do Planejamento, Romero Jucá (PMDB-RR), que foi gravado sugerindo um pacto para barrar a Operação Lava Jato.

O democrata afirmou que o senador licenciado deveria deixar a Esplanada para se defender das acusações de que tentou paralisar a Operação Lava Jato.

“Acho que ele poderia dar uma demonstração e sair do governo, para que ele possa se explicar. É uma situação muito complicada a manutenção dele no governo”, disse Pauderney em entrevista à BandNews FM.


Vereadora Mara cobra providências para asfalto deteriorado na RN 288



pistaA vereadora Mara Costa (PROS) protocolou requerimento para cobrar da Prefeitura de Caicó, que firme parceria com Departamento Estadual de Estradas e Rodagens – DER/RN, realize recapeamento ou pelo menos operação tapa buracos com urgência em todo trecho da RN 288 que dá acesso a Ponte Nova, mais precisamente por trás do Cemitério Campo Jorge.

“A referida estrada está intransitável e uma ação tapa buracos vai beneficiar os motoristas que transitam no trecho, haja vista que, já aconteceram vários acidentes. Sem falar das avarias nos transportes e a probabilidade de assaltos pelo motorista ter que reduzir a velocidade para trafegar”, destaca a vereadora.

 “Estamos cobrando da administração pública que providências sejam tomadas no sentido de melhorar a qualidade desta via”, enfatiza.


João Braz: Quem fala pelo PCdoB sou Eu. Aliança com o PDT está mantida



Rangel e JoãoO blog entrou em contato com o advogado e pré-candidato a prefeito de Caicó, João Braz (PCdoB). É que no dia de ontem (22), um filiado do partido (PCdoB) teria dado uma entrevista em uma Rádio local, e afirmou que não aceita a aliança do PCdoB com o PDT na chapa proporcional.

João Braz disse que não ouviu a entrevista, mas, adiantou que quem fala pelo partido é ele. E que não existe impedimento quanto a aliança com o PDT. O presidente municipal da sigla, ainda disse que, o que ficou acordado anteriormente em varias reuniões, etá mantido, ou seja, a aliança entre o PT, PDT e o PCdoB permanece firme e forte.

 “O três partido já aliados buscam juntos novos partidos para se somarem ao nosso projeto politico, que é um projeto para Caicó”. Afirmou João Braz.


Mas… Centrais sindicais não aceitarão flexibilização de leis trabalhistas



A intenção do governo de reformar as leis trabalhistas vai esbarrar na resistência das principais centrais sindicais. A Central Única dos Trabalhadores (CUT) e mesmo a Força Sindical, alinhada desde a primeira hora ao governo Michel Temer, dizem que não aceitarão qualquer forma de flexibilização da legislação.

O fato de a gestão de Temer ser, em princípio, transitória reforçou ainda mais a negativa de Vagner Freitas, presidente da CUT, entidade que abertamente se opõe ao impeachment da presidente afastada, Dilma Rousseff:


Temer vai propor flexibilizar jornada de trabalho e salários



images (1)A flexibilização da Consolidação das Leis do Trabalho (CLT) está na mira do governo Michel Temer.

A ideia é privilegiar as negociações coletivas, em que patrões e empregados acertem redução de jornada e salários.

Poderiam ser negociados, por exemplo, o parcelamento de 13º e um intervalo de almoço menor.

A terceirização da atividade, já aprovada pela Câmara, seria parte da reforma. Especialistas, porém, estão divididos.

Para alguns, flexibilização estimularia a criação de vagas, mas outros veem inconstitucionalidade. E as principais centrais sindicais avisam: são contra. (Globo).


Roberto Germano tem encontro com Wilma de Faria



Segundo o membro do diretório estadual do PTdoB. A vice-prefeita de Natal Wilma de Faria vai ter um encontro hoje (23), com o prefeito de Caicó Roberto Germano (PMDB).

A fonte não passou o teor da conversa, mas, tudo leva a crer que a pauta principal será política, tendo como foco principal a sucessão em Caicó.


Estados e municípios recebem recursos do ajuste de contas do Fundeb



Foram creditados na conta dos estados e municípios, na última quarta-feira, 18, os recursos referentes ao ajuste de contas do Fundo de Manutenção e Desenvolvimento da Educação Básica e de Valorização dos Profissionais da Educação (Fundeb) do ano de 2015. Responsável pelo repasse, o Fundo Nacional de Desenvolvimento da Educação (FNDE) transferiu R$ 1,1 bilhão, destinado a nove estados e 1.757 municípios das regiões Norte e Nordeste.

O ajuste se refere aos valores da complementação da União ao fundo, que, durante o ano de 2015, teve os repasses realizados com base em estimativas de receitas. Essa adequação está prevista na Lei de criação do Fundeb (Lei 11.494/2007) e é feita anualmente, após o fechamento pelos estados do valor da arrecadação dos impostos vinculados ao Fundeb. O resultado do ajuste foi divulgado no Diário Oficial da União no último dia 13, por meio da Portaria nº 426, do Ministério da Educação.

Principal fonte de financiamento da educação básica pública, o Fundeb é formado por percentuais de diversos impostos e transferências constitucionais, a exemplo do Imposto sobre Circulação de Mercadorias e Serviços (ICMS) e do Imposto sobre Propriedade de Veículos Automotores (IPVA).

Pelo menos 60% dos recursos devem ser usados na remuneração de profissionais do magistério em efetivo exercício, como professores, diretores e orientadores educacionais. O restante serve para despesas de manutenção e desenvolvimento do ensino, compreendendo, entre outras ações, o pagamento de outros profissionais ligados à educação, bem como a aquisição de equipamentos e a construção de escolas.


Nova fase da Lava Jato investiga ex-assessor do PP



A Polícia Federal deflagra na manhã desta segunda-feira a Operação Repescagem. Estão sendo cumpridos seis mandados de busca e apreensão, um mandado de prisão preventiva e dois mandados de prisão temporária nas cidades de Brasília, Rio de Janeiro e Recife.

Os mandados foram expedidos pela 13ª Vara Federal de Curitiba em investigação de crimes de formação de quadrilha, lavagem de dinheiro e corrupção passiva e ativa envolvendo verbas desviadas da Petrobras.


Gravação com Jucá revela que impeachment foi pacto para deter a lava jato



images-cms-image-000498702Em diálogos gravados em março passado, o ministro do Planejamento, senador licenciado Romero Jucá (PMDB-RR) sugeriu ao ex-presidente da Transpetro Sérgio Machado que uma “mudança” no governo federal resultaria em um pacto para “estancar a sangria” representada pela Operação Lava Jato, que investiga ambos.

Segundo reportagem de Rubens Valente, as conversas, que estão em poder da PGR (Procuradoria-Geral da República), ocorreram semanas antes da votação na Câmara que desencadeou o impeachment da presidente Dilma Rousseff.

Machado se mostrou preocupado com o envio do seu caso para a PF de Curitiba e chegou a fazer ameaçadas: “Aí fodeu. Aí fodeu para todo mundo. Como montar uma estrutura para evitar que eu ‘desça’? Se eu ‘descer’…”.

O atual ministro afirmou que seria necessária uma resposta política: “Se é político, como é a política? Tem que resolver essa porra. Tem que mudar o governo para estancar essa sangria”, diz Jucá. Ele acrescentou que um eventual governo Michel Temer deveria construir um pacto nacional “com o Supremo, com tudo”. Machado disse: “aí parava tudo”.

Segundo Jucá, “ministros do Supremo” teriam relacionado a saída de Dilma ao fim das pressões da imprensa e de outros setores pela continuidade das investigações da Lava Jato. O ministro do Planejamento afirmou que tem “poucos caras ali [no STF]” ao quais não tem acesso e um deles seria o ministro Teori Zavascki, relator da Lava Jato no tribunal, a quem classificou de “um cara fechado”.

Na conversa, eles dizem que o único empecilho no pacto era o presidente do Senado, Renan Calheiros (PMDB-AL). “Só Renan que está contra essa porra. ‘Porque não gosta do Michel, porque o Michel é Eduardo Cunha’. Gente, esquece o Eduardo Cunha. O Eduardo Cunha está morto, porra”, afirma Jucá no diálogo, que foi gravado.


PSB pode apoiar pré-candidatura de Nildson Dantas em Caicó



rafael_nildsonO presidente estadual do PSB, deputado federal Rafael Motta, percorreu o Seridó neste final de semana. Uma das paradas foi na cidade de Caicó, ontem (22), onde ele se reuniu com lideranças da região. Rafael chegou acompanhado pelo presidente da legenda em Caicó e pré-candidato a vereador, Artur Maynard, e do presidente da Câmara Municipal e pré-candidato a prefeito, Nildson Dantas.

“O momento é de discutir os rumos do partido na região, principalmente Caicó que é estratégica para o Seridó. Estamos aqui para retribuir a grande votação que tivemos com o apoio de Artur, Nildson e do vereador Leleu Fontes”, disse Rafael Motta.

Questionado sobre o possível apoio a Nildson, o presidente do PSB lembrou que vai discutir a quem dará suporte político ouvindo as lideranças, os anseios dos cidadãos e as pesquisas. Considerando a proximidade entre Artur Maynard e Nildson, essa aliança tem fortes chances de acontecer.


Sergio Henrique diz que não disputará mais o legislativo: “sou pré-candidato a prefeito”



sergio_henriqueNo último sábado (21) o Programa Em Debate, da Rádio Currais Novos, apresentado pelo jornalista Ismael Medeiros, recebeu o pré-candidato a prefeito de Currais Novos, vereador Sérgio Henrique (PSB). Ele disse que se considera uma nova opção para os currais-novenses. E garantiu que seu projeto está muito claro, e não pretende se candidatar a outro cargo se não o executivo. “Sou pré-candidato a prefeito”.

O programa também recebeu o jornalista Mazilton Galvão, que participou do bate-papo. “Para vereadora não! Candidato a vereador não serei. Porque eu acho que já fiz minha contribuição, já participei deste período legislativo pude fazer alguma coisa pela cidade e vi que é bastante limitado. Acredito que tenho potencial de fazer muito mais pela cidade. Pretendo algo mais para trabalhar em prol da população”, contou Sérgio.



content top
© 2016 Blog do Roberto Flávio. Todos os Direitos Reservados.